06 janeiro 2010

Romulo joga a toalha

Foi com grande pesar que ontem a noite recebi um email do Romulo, na minha opinião um dos maiores ferromodelistas de todos os tempos no Brasil, a respeito de sua desistência de continuar construindo ferromodelos em latão sob encomenda. Seu email, muito sucinto e lúcido é um triste reflexo do mercado de ferromodelismo no Brasil. Segue a integra do email:

Aos meus amigos e clientes... depois de cinco anos de muita luta e dedicação, estou encerrando meus trabalhos como ferromodelista, infelismente, não obtive exito financeiro, com uma margem de lucro até razoavel, mas porém, com uma mão de obra muita demorada, os lucros são desproporcionais ao trabalho, uma solução seria um aumento muito acentuado do preço, mas, sei que a nossa realidade financera, não é tão favoravel como gostariamos e impossibilitaria a compra de uma miniatura. Estou negociando com um amigo "Fabricio Machado" e provavelmente ele irá revender as chapas da U-20-C, LEW e Vagão FSQ, de uma versão mais simples, para quem tiver interesse em montar, junto com esse kit haverá um manual de instruções de como montar passo a passo.
Para quem tiver pedidos em atraso, não se preocupem, vou entregar com um pequeno acréscimo e o consórcio, vai correr normalmente até o fim, mais não estou pegando mais encomendas, nem pra montagem e pintura. Portanto é isso, mais do que ninguem eu lamento muito por isso, Ao hobby devo muito aprendizado, muita cultura e principalmente muitas amizades que espero que não se acabe, conto com a compreensão de todos e muito obrigado por tudo, pelos os elogios, pela força, por fotos, por plantas, e por conselhos que levo comigo pra sempre, um forte abraço a todos e a gente se vê nesses concursos da vida...

Espero sinceramente que no futuro o Romulo enxergue uma nova oportunidade no mercado e volte a construir seus fantásticos modelos. O Brasil teve uma história ferroviária magnífica, destruida tempos depois pelas estatais que as escaparam, crises econômicas e o rodoviarismo. Mas seu mais novo capítulo tem mostrado uma verdadeira ressurreição deste modal estrategicamente importante para qualquer país que pretenda um dia se desenvolver economicamente. Cada vez mais pessoas "lembram" do assunto ferrovia no Brasil, seja com o sucesso das atuais concessionárias nas manchetes ou com o TAV. E se cada vez mais pessoas se interessam por ferrovias, é certo que uma parte delas se interesse por ferromodelismo, desde que os protagonistas da indústria acabem com a timidez, se mexam e se mostrem para esse público.

Minitrem.Gostou do que leu? Indique para os amigos!

0 comments:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails